segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Cadernos do Patrimônio Imaterial - Cavalhadas de Amarantina

O Programa de Valorização e Preservação do Patrimônio Imaterial publica o seu primeiro Caderno do Patrimônio Imaterial com o volume dedicado às Cavalhadas de Amarantina.

A iniciativa tem por objetivo promover a maior divulgação e acesso a informações sobre bens imateriais do município de Ouro Preto, registrados e/ou inventariados. O trabalho de registro e inventário de patrimônio imaterial é uma importante ferramenta de produção de informação, busca de documentações e proposição de políticas públicas para o patrimônio imaterial.

Embora de acesso livre a todos os públicos, os inventários e processos de registro tem um formato que, muitas vezes, possui uma aparência técnica e formal que dificulta a ampla apropriação de seus saberes. Assim, a proposta dos Cadernos de Patrimônio Imaterial vem proporcionar um formato de mais fácil acesso, possibilitando sua maior difusão e mesmo uso em diversos ambientes, como educativos.

O início da produção dos Cadernos de Patrimônio Imaterial pelas Cavalhadas de Amarantina tem ainda a razão de ser uma manifestação cultural registrada que tem sido objeto de diversas ações de educação patrimonial, como durante a Jornada Mineira do Patrimônio Cultural, em 2015, e a execução do projeto Correndo na História: Patrimônio, Festa e Cavalhada em Amarantina, em 2016. Ações que visavam a difusão e conhecimento da manifestação e nas quais mostrou-se interessante a existência de um meio para melhor acesso aos saberes acerca das Cavalhadas produzidos durante o processo de inventário da celebração.

Acessem e divulguem!!!



Cadernos do Patrimônio Imaterial - Cavalhadas de Amarantina

O Programa de Valorização e Preservação do Patrimônio Imaterial publica o seu primeiro Caderno do Patrimônio Imaterial com o volume dedicado às Cavalhadas de Amarantina.

A iniciativa tem por objetivo promover a maior divulgação e acesso a informações sobre bens imateriais do município de Ouro Preto, registrados e/ou inventariados. O trabalho de registro e inventário de patrimônio imaterial é uma importante ferramenta de produção de informação, busca de documentações e proposição de políticas públicas para o patrimônio imaterial.

Embora de acesso livre a todos os públicos, os inventários e processos de registro tem um formato que, muitas vezes, possui uma aparência técnica e formal que dificulta a ampla apropriação de seus saberes. Assim, a proposta dos Cadernos de Patrimônio Imaterial vem proporcionar um formato de mais fácil acesso, possibilitando sua maior difusão e mesmo uso em diversos ambientes, como educativos.

O início da produção dos Cadernos de Patrimônio Imaterial pelas Cavalhadas de Amarantina tem ainda a razão de ser uma manifestação cultural registrada que tem sido objeto de diversas ações de educação patrimonial, como durante a Jornada Mineira do Patrimônio Cultural, em 2015, e a execução do projeto Correndo na História: Patrimônio, Festa e Cavalhada em Amarantina, em 2016. Ações que visavam a difusão e conhecimento da manifestação e nas quais mostrou-se interessante a existência de um meio para melhor acesso aos saberes acerca das Cavalhadas produzidos durante o processo de inventário da celebração.

Acessem e divulguem!!!



quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Festa de Nossa Senhora dos Remédios do Fundão do Cintra

A Festa de Nossa Senhora dos Remédios do Fundão do Cintra, distrito de Santo Antônio do Salto será realizada no próximo final de semana, entre os dias 5 e 7 de agosto. A celebração é patrimônio cultural imaterial de Ouro Preto, registrada em 2009. Segue a programação:

Festa de Nossa Senhora dos Remédios do Fundão do Cintra

A Festa de Nossa Senhora dos Remédios do Fundão do Cintra, distrito de Santo Antônio do Salto será realizada no próximo final de semana, entre os dias 5 e 7 de agosto. A celebração é patrimônio cultural imaterial de Ouro Preto, registrada em 2009. Segue a programação:

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Lançamento do projeto “Música e Folia em São Bartolomeu” e envio da Bandeira do Divino.

No último dia 4 de junho a Bandeira do Divino de São Bartolomeu iniciou seu giro de torques e arrecadação de esmolas para a realização da Festa do Divino Espírito Santo e São Bartolomeu. O giro da folia encerra-se no dia 21 de agosto, o domingo festivo desse ano (o folder com a programação religiosa de 2016 encontra-se abaixo).

Como de costume, o envio ocorreu com a bênção da Bandeira em missa realizada na igreja de São Bartolomeu e presença de todos os membros da folia. Até a data da festa, a comitiva que acompanha a bandeira estará presente em diversos pontos do município de Ouro Preto e entorno, como em Sumidouro, município de Santa Bárbara, seguindo uma antiga tradição de antigos trajetos percorridos por folieiros e tropeiros.

Durante esse período, em determinados pontos e fins de semana, a folia com seus músicos encontra a comitiva da bandeira para a realização de toques, levando fé e alegria.

A data marcou também o lançamento junto à Folia do Divino de São Bartolomeu e comunidade do distrito do projeto de musicalização e educação patrimonial “Música e Folia em São Bartolomeu”. O projeto faz parte das ações de salvaguarda da Festa do Divino e São Bartolomeu, patrimônio imaterial de Ouro Preto. A proposta é de conhecimento e difusão de práticas musicais, sociais e culturais da folia, aberta a toda comunidade de São Bartolomeu. O projeto é coordenado pelo Programa Municipal de Patrimônio Imaterial, ligado à Secretaria de Cultura e Patrimônio, e faz parte das ações extensionistas da UFOP (PROEX), contando com a professora Maria Tereza Castro e dos bolsistas Luiza Gaião e Paulo Silveira do Curso de Música da UFOP.


As inscrições para o projeto “Música e Folia em São Bartolomeu” encontram-se abertas e as atividades começarão na primeira semana de julho.

Bênção da Bandeira do Divino para o envio. Data: 04/06/2016. Foto: João Paulo Martins

Missa de envio da Bandeira do Divino com presença da Folia do Divino de São Bartolomeu. Data: 04/06/2016. Foto: João Paulo Martins

Missa de envio da Bandeira do Divino com presença da Folia do Divino de São Bartolomeu. Data: 04/06/2016. Foto: João Paulo Martins

Missa de envio da Bandeira do Divino com presença da Folia do Divino de São Bartolomeu. Data: 04/06/2016. Foto: João Paulo Martins

Saída da missa de envio da Bandeira do Divino com presença da Folia do Divino de São Bartolomeu. Data: 04/06/2016. Foto: João Paulo Martins

Café comuniário na Casa da Festa de São Bartolomeu após a missa do envio da Bandeira do Divino. Data: 04/06/2016. Foto: João Paulo Martins

Toque da Folia do Divino de São Bartolomeu na Casa da Festa. Data: 04/06/2016. Foto: João Paulo Martins

Toque da Folia do Divino de São Bartolomeu na Casa da Festa. Data: 04/06/2016. Foto: João Paulo Martins


Toque da Folia do Divino de São Bartolomeu na Casa da Festa. Data: 04/06/2016. Foto: João Paulo Martins



Programação da Festa de São Bartolomeu e Divino Espírito Santo - 2016