quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

O Natal em Ouro Preto: Folias e Pastorinhas

Em Ouro Preto, os preparativos e festejos que envolvem o ciclo natalino é marcado por apresentações típicas desta época do ano, como as Pastorinhas e a Folia de Reis, em que é louvado o nascimento de Jesus através da personificação do presépio e da visita dos reis magos ao menino Jesus. Geralmente, aqui na região, o ciclo natalino se inicia quatro semanas antes do dia 24 de Dezembro, nascimento de Jesus, quando estão começando a ser montado os presépios e a iluminação natalina nas casas e se encerra no dia 06 de Janeiro, Dia de Reis, mas pode se estender até 02 de Fevereiro, dia da apresentação do menino Jesus à Igreja.


VIII Encontro de Folias de Reis e Pastorinhas - Amarantina 2013 (Fotografia: Fernando Helbert)

VIII Encontro de Folias de Reis e Pastorinhas - Amarantina 2013 (Fotografia: Fernando Helbert)

  
  As Pastorinhas consistem em grupos formado por crianças vestidas de personagens que representam o nascimento do menino Jesus, tais como Maria, os reis magos, a estrela-guia, o anjo, a florista, ciganas entre outros personagens que variam a cada grupo. As pastorinhas visitam as pessoas que fazem o convite ou as casas com presépio. Durante a visita, as pastorinhas cantam em saudação a família que os recebem, em louvação à Maria e ao menino Jesus, em agradecimento ao lanche servido ou doação recebida e por último em despedida. Em alguns grupos de pastorinhas o canto é acompanhado pelo toque de sinos, ou de instrumentos tais como pandeiros e xique-xique. Também há a divisão das pastorinhas em dois cordões, um vermelho e outro azul, uma divisão simbólica que representa as cores de cristo e Maria. Em cada cordão há um mestre e contra-mestre, responsável por puxar os cantos. Atualmente, em Ouro Preto, temos três grupos de pastorinhas, que são: as Pastorinhas do Padre Faria, as de Saramenha e as do São Cristóvão.




Pastorinhas em procissão pelas ruas de Amarantina- O.P (Fotografia: Fernando Helbert)


Pastorinhas do Padre Faria (Fotografia: Fernando Helbert)




Nas Folias de Reis, um grupo de pessoas, os foliões, liderados pelo capitão da folia saem cantando, tocando e passando nas casas em que são convidados. As visitas se iniciam a partir de 25 de Dezembro até o dia 06 de Janeiro em que é encerrado com uma festa e celebração religiosa Entre os instrumentos utilizados estão: violão, viola, reco-reco, pandeiro, cavaquinho e a sanfona. O vestuário é variado, em Ouro Pretoa maioria das folias veste camiseta com a identificação da folia.
Em Ouro Preto, existem sete grupos de folia, são eles: Folia de Reis de Santo Antônio do Leite, Folia de Reis de Santo Antônio do Salto, Folia de Reis da Mata dos Palmitos, Folia de Reis de Lavras Novas, Folia de Reis do Padre Faria, Folia de Reis de Maciel e Folia de Reis de Mata de Moreira.


Folia de Reis de Lavras Novas (Fotografia: Fernando Helbert)


Folia de Reis da Mata dos Palmitos (Fotografia: Fernando Helbert)


O Natal em Ouro Preto: Folias e Pastorinhas

Em Ouro Preto, os preparativos e festejos que envolvem o ciclo natalino é marcado por apresentações típicas desta época do ano, como as Pastorinhas e a Folia de Reis, em que é louvado o nascimento de Jesus através da personificação do presépio e da visita dos reis magos ao menino Jesus. Geralmente, aqui na região, o ciclo natalino se inicia quatro semanas antes do dia 24 de Dezembro, nascimento de Jesus, quando estão começando a ser montado os presépios e a iluminação natalina nas casas e se encerra no dia 06 de Janeiro, Dia de Reis, mas pode se estender até 02 de Fevereiro, dia da apresentação do menino Jesus à Igreja.


VIII Encontro de Folias de Reis e Pastorinhas - Amarantina 2013 (Fotografia: Fernando Helbert)

VIII Encontro de Folias de Reis e Pastorinhas - Amarantina 2013 (Fotografia: Fernando Helbert)

  
  As Pastorinhas consistem em grupos formado por crianças vestidas de personagens que representam o nascimento do menino Jesus, tais como Maria, os reis magos, a estrela-guia, o anjo, a florista, ciganas entre outros personagens que variam a cada grupo. As pastorinhas visitam as pessoas que fazem o convite ou as casas com presépio. Durante a visita, as pastorinhas cantam em saudação a família que os recebem, em louvação à Maria e ao menino Jesus, em agradecimento ao lanche servido ou doação recebida e por último em despedida. Em alguns grupos de pastorinhas o canto é acompanhado pelo toque de sinos, ou de instrumentos tais como pandeiros e xique-xique. Também há a divisão das pastorinhas em dois cordões, um vermelho e outro azul, uma divisão simbólica que representa as cores de cristo e Maria. Em cada cordão há um mestre e contra-mestre, responsável por puxar os cantos. Atualmente, em Ouro Preto, temos três grupos de pastorinhas, que são: as Pastorinhas do Padre Faria, as de Saramenha e as do São Cristóvão.




Pastorinhas em procissão pelas ruas de Amarantina- O.P (Fotografia: Fernando Helbert)


Pastorinhas do Padre Faria (Fotografia: Fernando Helbert)




Nas Folias de Reis, um grupo de pessoas, os foliões, liderados pelo capitão da folia saem cantando, tocando e passando nas casas em que são convidados. As visitas se iniciam a partir de 25 de Dezembro até o dia 06 de Janeiro em que é encerrado com uma festa e celebração religiosa Entre os instrumentos utilizados estão: violão, viola, reco-reco, pandeiro, cavaquinho e a sanfona. O vestuário é variado, em Ouro Preto a maioria das folias veste camiseta com a identificação da folia.
Em Ouro Preto, existem sete grupos de folia, são eles: Folia de Reis de Santo Antônio do Leite, Folia de Reis de Santo Antônio do Salto, Folia de Reis da Mata dos Palmitos, Folia de Reis de Lavras Novas, Folia de Reis do Padre Faria, Folia de Reis de Maciel e Folia de Reis de Mata de Moreira.


Folia de Reis de Lavras Novas (Fotografia: Fernando Helbert)


Folia de Reis da Mata dos Palmitos (Fotografia: Fernando Helbert)


sexta-feira, 6 de setembro de 2013

4ª JORNADA MINEIRA DO PATRIMÔNIO CULTURAL EM OURO PRETO

O programa de Patrimônio Imaterial da Prefeitura Municipal de Ouro Preto, convida vocês a participarem dos eventos da 4ª Jornada Mineira do Patrimônio Cultural em Ouro Preto.

Tendo como eixo temático estadual: GRIÔS - A jornada dos mestres da nossa cultura; o evento tem como objetivo, celebrar a importância desses mestres para nossa tradição cultural. Assim busca-se valorizar a tradição oral como patrimônio imaterial que deve ser preservado. O GRIÔ é como se fosse um guardião da história e memória de uma comunidade, desta forma recebe e transmite ensinamentos tradicionais que são a marca cultural de vários lugares.

Em Ouro Preto, serão oferecidas duas oficinas: Conservação de Documentação e Revitalização da Estação Ferroviária - Rodrigo Silva e Registro Patrimonial e Inventário Participativo: o Reinado de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia. 

Compareçam e contribuam para a valorização da cultura local.







REFERÊNCIAS:
http://www.jornada.mg.gov.br/
http://www2.cultura.gov.br/culturaviva/?cat=11
[Postagem: Vanessa Pereira Silva - Estagiária]

4ª JORNADA MINEIRA DO PATRIMÔNIO CULTURAL EM OURO PRETO

O programa de Patrimônio Imaterial da Prefeitura Municipal de Ouro Preto, convida vocês a participarem dos eventos da 4ª Jornada Mineira do Patrimônio Cultural em Ouro Preto.

Tendo como eixo temático estadual: GRIÔS - A jornada dos mestres da nossa cultura; o evento tem como objetivo, celebrar a importância desses mestres para nossa tradição cultural. Assim busca-se valorizar a tradição oral como patrimônio imaterial que deve ser preservado. O GRIÔ é como se fosse um guardião da história e memória de uma comunidade, desta forma recebe e transmite ensinamentos tradicionais que são a marca cultural de vários lugares.

Em Ouro Preto, serão oferecidas duas oficinas: Conservação de Documentação e Revitalização da Estação Ferroviária - Rodrigo Silva e Registro Patrimonial e Inventário Participativo: o Reinado de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia. 

Compareçam e contribuam para a valorização da cultura local.







REFERÊNCIAS:
http://www.jornada.mg.gov.br/
http://www2.cultura.gov.br/culturaviva/?cat=11
[Postagem: Vanessa Pereira Silva - Estagiária]

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Festa do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres e Festa de São Bartolomeu e Divino Espírito Santo



A Festa do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres e a Festa de São Bartolomeu e do Divino Espírito Santo reúnem fé, tradição e alegria compartilhada durante as celebrações e comemorações em homenagem aos seus padroeiros e ao Divino Espírito Santo. 

Em Lavras Novas, a Festa do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres, acontece norteada pela data de 15 de agosto, fixada pela Igreja Católica, marcando a assunção da virgem. As comemorações são iniciadas com uma novena preparatória, que tem seu encerramento no sábado quando acontece a procissão das bandeiras. Após a celebração eucarística com palmas e cânticos há a bênção das bandeiras, que são  erguidas em mastro na Praça Pedro Fernandes Marins em frente à Igreja Nossa Senhora dos Prazeres. Realiza-se então a queima de fogos e é acendida uma grande fogueira. Após o show de fogos os participantes de espalham entre os bares barraquinhas de Lavras Novas, compartilham histórias em volta da fogueira, adentrando a madrugada.

Ao amanhecer do domingo a alvorada desperta os participantes com banda de música, foguetes e o toque de sinos para a comemoração do principal dia da festa. Pela manhã celebra-se a Procissão do Reinado, onde a corte do Divino é acompanhada até a Igreja. Chegando lá é realizada a Missa Solene. Logo após a missa é servido almoço autenticamente mineiro.  A tarde ocorre a procissão com as imagens de Nossa Senhora dos Prazeres, do Divino Espírito Santo e do Sagrado Coração de Jesus em direção a Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, onde é realizada celebração eucarística e é realizada a bênção do “Pão do Divino” que segundo o os fiéis garante que não falta alimento em suas casas.

 Fotos:Lavras Novas - Festa do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres, 2011-2012 -  Helenice Oliveira.

Todos os anos são produzidos convites e cartazes para a festa. Abaixo seguem dois convites antigos que podem ser acessados no nosso arquivo. 


Fundo PMOP - Caixa Convites - Ano: 1993

Fundo PMOP - Caixa Convites - Ano: 1994


A Festa de São Bartolomeu e Divino Espírito Santo, inicia suas atividades com o envio da Bandeira e cerimônia de bênção alguns meses antes do dia festivo. Essa atividade acontece no intuito de angariar fundos, mas, seu objetivo maior está ligado à fé dos participantes que recebem a folia em suas casas.

Próximo aos dias de comemoração se inicia uma novena que se encerra no sábado festivo. No mesmo dia há a procissão das Bandeiras de São Bartolomeu e do Divino Espírito Santo que após a celebração litúrgica são hasteadas em vistoso mastro. Os folieiros são homenageados por sua fundamental participação e o sábado continua com a participação de uma banda e rodeio.

O domingo inicia-se com missa das crianças e apresentação dos folieiros com a exposição da Bandeira do Divino para veneração dos fiéis. Um dos momentos mais esperados da festa é o cortejo do Imperador, rainha e princesas pelas ruas de São Bartolomeu até a Matriz onde acontece a missa. Depois é servido o almoço na Casa da Festa. O restante do dia é aproveitado na feira de doces, no comércio de artigos e na apresentação de bandas. 

Fotos: São Bartolomeu - Festa de São Bartolomeu e Divino Espírito Santo - João Paulo Martins, 2011-2012

A Festa de São Bartolomeu e do Divino Espírito Santo, também tem convite com toda a programação há muitos anos. Abaixo seguem convites antigos que podem ser acessados no nosso arquivo.

 Fundo PMOP - Caixa Convites - Ano: 1965

 Fundo PMOP - Caixa Convites - Ano: 1993


 Aproveitando o trabalho com o conteúdo destas festividades, convidamos a todos para as comemorações de São Bartolomeu e Lavras Novas neste mês de agosto de 2013. Confira as programações.

 
  Convite e Programação da Festa  do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres- 2013


 Convite e Programação da Festa de São Bartolomeu e do Divino Espírito Santo - 2013







Referências:
Inventário Festa do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres - (Inventário para registro como patrimônio imaterial).
Inventário Festa de São Bartolomeu e Divino Espírito Santo - (Inventário para registro como patrimônio imaterial).
APMOP - Fundo PMOP - Caixa: Convites - Pastas 1965-1994-1993. 
POSTAGEM: Vanessa Pereira Silva (Estagiária) – Revisão Helenice Oliveira e João Paulo Martins.
 


Festa do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres e Festa de São Bartolomeu e Divino Espírito Santo



A Festa do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres e a Festa de São Bartolomeu e do Divino Espírito Santo reúnem fé, tradição e alegria compartilhada durante as celebrações e comemorações em homenagem aos seus padroeiros e ao Divino Espírito Santo. 

Em Lavras Novas, a Festa do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres, acontece norteada pela data de 15 de agosto, fixada pela Igreja Católica, marcando a assunção da virgem. As comemorações são iniciadas com uma novena preparatória, que tem seu encerramento no sábado quando acontece a procissão das bandeiras. Após a celebração eucarística com palmas e cânticos há a bênção das bandeiras, que são  erguidas em mastro na Praça Pedro Fernandes Marins em frente à Igreja Nossa Senhora dos Prazeres. Realiza-se então a queima de fogos e é acendida uma grande fogueira. Após o show de fogos os participantes de espalham entre os bares barraquinhas de Lavras Novas, compartilham histórias em volta da fogueira, adentrando a madrugada.

Ao amanhecer do domingo a alvorada desperta os participantes com banda de música, foguetes e o toque de sinos para a comemoração do principal dia da festa. Pela manhã celebra-se a Procissão do Reinado, onde a corte do Divino é acompanhada até a Igreja. Chegando lá é realizada a Missa Solene. Logo após a missa é servido almoço autenticamente mineiro.  A tarde ocorre a procissão com as imagens de Nossa Senhora dos Prazeres, do Divino Espírito Santo e do Sagrado Coração de Jesus em direção a Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, onde é realizada celebração eucarística e é realizada a bênção do “Pão do Divino” que segundo o os fiéis garante que não falta alimento em suas casas.

 Fotos:Lavras Novas - Festa do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres, 2011-2012 -  Helenice Oliveira.

Todos os anos são produzidos convites e cartazes para a festa. Abaixo seguem dois convites antigos que podem ser acessados no nosso arquivo. 


Fundo PMOP - Caixa Convites - Ano: 1993

Fundo PMOP - Caixa Convites - Ano: 1994


A Festa de São Bartolomeu e Divino Espírito Santo, inicia suas atividades com o envio da Bandeira e cerimônia de bênção alguns meses antes do dia festivo. Essa atividade acontece no intuito de angariar fundos, mas, seu objetivo maior está ligado à fé dos participantes que recebem a folia em suas casas.

Próximo aos dias de comemoração se inicia uma novena que se encerra no sábado festivo. No mesmo dia há a procissão das Bandeiras de São Bartolomeu e do Divino Espírito Santo que após a celebração litúrgica são hasteadas em vistoso mastro. Os folieiros são homenageados por sua fundamental participação e o sábado continua com a participação de uma banda e rodeio.

O domingo inicia-se com missa das crianças e apresentação dos folieiros com a exposição da Bandeira do Divino para veneração dos fiéis. Um dos momentos mais esperados da festa é o cortejo do Imperador, rainha e princesas pelas ruas de São Bartolomeu até a Matriz onde acontece a missa. Depois é servido o almoço na Casa da Festa. O restante do dia é aproveitado na feira de doces, no comércio de artigos e na apresentação de bandas. 

Fotos: São Bartolomeu - Festa de São Bartolomeu e Divino Espírito Santo - João Paulo Martins, 2011-2012

A Festa de São Bartolomeu e do Divino Espírito Santo, também tem convite com toda a programação há muitos anos. Abaixo seguem convites antigos que podem ser acessados no nosso arquivo.

 Fundo PMOP - Caixa Convites - Ano: 1965

e
 Fundo PMOP - Caixa Convites - Ano: 1993


 Aproveitando o trabalho com o conteúdo destas festividades, convidamos a todos para as comemorações de São Bartolomeu e Lavras Novas neste mês de agosto de 2013. Confira as programações.

 
  Convite e Programação da Festa  do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres- 2013


 Convite e Programação da Festa de São Bartolomeu e do Divino Espírito Santo - 2013







Referências:
Inventário Festa do Divino Espírito Santo e Nossa Senhora dos Prazeres - (Inventário para registro como patrimônio imaterial).
Inventário Festa de São Bartolomeu e Divino Espírito Santo - (Inventário para registro como patrimônio imaterial).
APMOP - Fundo PMOP - Caixa: Convites - Pastas 1965-1994-1993. 
POSTAGEM: Vanessa Pereira Silva (Estagiária) – Revisão Helenice Oliveira e João Paulo Martins.