terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Carnaval em Ouro Preto

Por Mauro Alberto do Espírito Santo

Está chegando mais um Carnaval, momento de muita alegria e descontração! Como sempre, Ouro Preto tem muita História para contar também na folia! 

O Carnaval é umas das festividades mais tradicionais no mundo ocidental, sendo um período marcante no calendário, especialmente nos países de tradição católica. Já no final do século XIX, começam a aparecer os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos "corsos" no Brasil. Estes últimos tornaram-se mais populares no começo do século XX. As pessoas se fantasiavam, decoravam seus carros e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades. Está ai a origem dos carros alegóricos, típicos das escolas de samba atuais. Ouro Preto não estaria alheia a esse processo, ocorrendo em seu território as manifestações do Entrudo e, a partir de 1857, do Carnaval.[1]

O carnaval ouropretano foi crescendo ano após ano, com a criação constante de blocos carnavalescos e, a partir da década de 1950, das Escolas de Samba.

Ao longo do ano de 2015, a equipe da Secretaria Municipal de Cultura e Patrimônio de Ouro Preto, realizou o trabalho de inventário da festividade no município, além de inventariar alguns Blocos e Escolas de Samba do carnaval ouropretano.

Para a escolha dos bens, foram adotados critérios que levaram em conta aspectos culturais, históricos, sociológicos, relevância social e a manutenção de características tradicionais. Para a seleção dos blocos, foi dada preferência aos que surgiram anteriormente ao ano 2000. Já as Escolas de Samba tradicionais, por conta de seu número reduzido, foram contempladas em sua totalidade, inventariando-se as escolas em atividade e as que atualmente não desfilam, como a Escola de Samba Sinhá Olímpia.

Dessa maneira, foram inventariados os seguintes Blocos Carnavalescos e Escolas de Samba, organizados por ordem de criação: 

1966: Bloco do Caixão (a primeira vez que saiu às ruas foi durante o carnaval de 1976);
1985: Bloco Pirata;  
1996: Bloco Gatas e Gatões (participaria do seu primeiro carnaval em 1997);  
1999-2000: Bloco Conspirados;  
           
Para maiores informações sobre os Blocos Carnavalescos e as Escolas de Samba de Ouro Preto, clique sobre o nome de cada um e acesse as fichas de inventário. E aqui para informações gerais do carnaval ouropretano.

O Carnaval leva alegria e diversão em Ouro Preto há mais de um século e meio, e nesse ano de 2016 não será diferente. Já começaram os preparativos na cidade para essa grande festa, para que todos possam aproveitar da melhor maneira possível a folia na antiga capital das Minas Gerais!





[1]CABRAL, Henrique Barbosa da Silva. Ouro Preto. Belo Horizonte: s/ed, 1969, p. 261-270.

Carnaval em Ouro Preto

Por Mauro Alberto do Espírito Santo

Está chegando mais um Carnaval, momento de muita alegria e descontração! Como sempre, Ouro Preto tem muita História para contar também na folia! 

O Carnaval é umas das festividades mais tradicionais no mundo ocidental, sendo um período marcante no calendário, especialmente nos países de tradição católica. Já no final do século XIX, começam a aparecer os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos "corsos" no Brasil. Estes últimos tornaram-se mais populares no começo do século XX. As pessoas se fantasiavam, decoravam seus carros e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades. Está ai a origem dos carros alegóricos, típicos das escolas de samba atuais. Ouro Preto não estaria alheia a esse processo, ocorrendo em seu território as manifestações do Entrudo e, a partir de 1857, do Carnaval.[1]

O carnaval ouropretano foi crescendo ano após ano, com a criação constante de blocos carnavalescos e, a partir da década de 1950, das Escolas de Samba.

Ao longo do ano de 2015, a equipe da Secretaria Municipal de Cultura e Patrimônio de Ouro Preto, realizou o trabalho de inventário da festividade no município, além de inventariar alguns Blocos e Escolas de Samba do carnaval ouropretano.

Para a escolha dos bens, foram adotados critérios que levaram em conta aspectos culturais, históricos, sociológicos, relevância social e a manutenção de características tradicionais. Para a seleção dos blocos, foi dada preferência aos que surgiram anteriormente ao ano 2000. Já as Escolas de Samba tradicionais, por conta de seu número reduzido, foram contempladas em sua totalidade, inventariando-se as escolas em atividade e as que atualmente não desfilam, como a Escola de Samba Sinhá Olímpia.

Dessa maneira, foram inventariados os seguintes Blocos Carnavalescos e Escolas de Samba, organizados por ordem de criação: 

1966: Bloco do Caixão (a primeira vez que saiu às ruas foi durante o carnaval de 1976);
1985: Bloco Pirata;  
1996: Bloco Gatas e Gatões (participaria do seu primeiro carnaval em 1997);  
1999-2000: Bloco Conspirados;  
           
Para maiores informações sobre os Blocos Carnavalescos e as Escolas de Samba de Ouro Preto, clique sobre o nome de cada um e acesse as fichas de inventário. E aqui para informações gerais do carnaval ouropretano.

O Carnaval leva alegria e diversão em Ouro Preto há mais de um século e meio, e nesse ano de 2016 não será diferente. Já começaram os preparativos na cidade para essa grande festa, para que todos possam aproveitar da melhor maneira possível a folia na antiga capital das Minas Gerais!





[1] CABRAL, Henrique Barbosa da Silva. Ouro Preto. Belo Horizonte: s/ed, 1969, p. 261-270.