terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

É Carnaval em Ouro Preto!

A partir desta quinta-feira (16/02/2012) começa oficialmente o carnaval em Ouro Preto. Os festejos contam com shows musicais, participação dos blocos e Escolas de Samba.
A cidade sempre contou com uma programação diversificada, que procura agradar aos diferentes grupos que visitam o município nesta época do ano, bem como aos foliões ouropretanos.
Anteriormente, a folia começava na cidade pelo menos com uma semana de antecedência: eram os saudosos "Grito de carnaval" e as tradicionais "Batalha de Confete". Essas festas eram embaladas ao som de marchinhas tocadas por tradicionais blocos carnavalescos da região. Hoje, são os pré-carnavais que animam e convidam os foliões para a festa maior, como forma de aquecimento para os cinco dias de alegria que tomam conta da cidade.
Através de cartazes da década de 90, podemos observar algumas mudanças nos festejos, em relação à programação mais atual, como por exemplo, alguns grupos, que, infelizmente, deixaram de existir. Um dos mais famosos foi o Banjo de Prata, que saía às ruas a maneira dos antigos cordões carnavalescos, com canções compostas pelo músico Sr. Pedro Marambaia e outras tradicionais marchinhas.
Neste ano, apesar dos problemas causados pelas chuvas na cidade, o carnaval foi mantido com sua programação normal, sofrendo apenas uma pequena alteração, visto que as Escolas de Samba irão desfilar apenas com suas baterias, mestres-sala e porta-bandeiras. Situação semelhante ocorreu no ano de 1992; de acordo com matéria publicada no jornal "O Liberal", o município, mesmo com grandes dificuldades devido às chuvas, superou as expectativas quanto à organização dos festejos, e espantou aquele momento de tristeza com muito samba e folia! 
Dessa forma, o carnaval de Ouro Preto tornou-se uma das manifestações culturais mais tradicionais do Estado, ao promover alegria e descontração ao variado público que visita a cidade nesta época do ano.

                                                              Banjo de Prata

                                                                       Bandalheira
                                                                 Convite do carnaval 95

                                                      Convite de Grito de Carnaval 1995

                                                  Jornal "O Liberal" - 1a quinzena de 1992

                                                       Programação do carnaval de 1995

 Fonte: Arquivo Público Municipal de Ouro Preto


É Carnaval em Ouro Preto!

A partir desta quinta-feira (16/02/2012) começa oficialmente o carnaval em Ouro Preto. Os festejos contam com shows musicais, participação dos blocos e Escolas de Samba.
A cidade sempre contou com uma programação diversificada, que procura agradar aos diferentes grupos que visitam o município nesta época do ano, bem como aos foliões ouropretanos.
Anteriormente, a folia começava na cidade pelo menos com uma semana de antecedência: eram os saudosos "Grito de carnaval" e as tradicionais "Batalha de Confete". Essas festas eram embaladas ao som de marchinhas tocadas por tradicionais blocos carnavalescos da região. Hoje, são os pré-carnavais que animam e convidam os foliões para a festa maior, como forma de aquecimento para os cinco dias de alegria que tomam conta da cidade.
Através de cartazes da década de 90, podemos observar algumas mudanças nos festejos, em relação à programação mais atual, como por exemplo, alguns grupos, que, infelizmente, deixaram de existir. Um dos mais famosos foi o Banjo de Prata, que saía às ruas a maneira dos antigos cordões carnavalescos, com canções compostas pelo músico Sr. Pedro Marambaia e outras tradicionais marchinhas.
Neste ano, apesar dos problemas causados pelas chuvas na cidade, o carnaval foi mantido com sua programação normal, sofrendo apenas uma pequena alteração, visto que as Escolas de Samba irão desfilar apenas com suas baterias, mestres-sala e porta-bandeiras. Situação semelhante ocorreu no ano de 1992; de acordo com matéria publicada no jornal "O Liberal", o município, mesmo com grandes dificuldades devido às chuvas, superou as expectativas quanto à organização dos festejos, e espantou aquele momento de tristeza com muito samba e folia! 
Dessa forma, o carnaval de Ouro Preto tornou-se uma das manifestações culturais mais tradicionais do Estado, ao promover alegria e descontração ao variado público que visita a cidade nesta época do ano.

                                                              Banjo de Prata

                                                                       Bandalheira
                                                                 Convite do carnaval 95

                                                      Convite de Grito de Carnaval 1995

                                                  Jornal "O Liberal" - 1a quinzena de 1992

                                                       Programação do carnaval de 1995

 Fonte: Arquivo Público Municipal de Ouro Preto


terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

A preparação para o Carnaval.

 Quando nos referimos ao carnaval de Ouro Preto pensamos logo na alegria da comemoração. E se os festejos carnavalescos estão na memória das pessoas não é apenas por representar um momento de curtição. Foi e ainda é fruto de muito investimento para o grande dia, financeiro e pessoal.
A festividade contava com escolas de samba, blocos carnavalescos ou o simples festejar das famílias pelas ruas de Ouro Preto. E para que tudo isso fosse possível era preciso contar não apenas com a contribuição da alegria dos foliões, mas também, com a ajuda do financiamento público, mais precisamente o municipal, e com o financiamento privado.
Desta forma, os presidentes dos clubes e das comissões de empresários das ruas mais freqüentadas no carnaval usavam de requerimentos enviados à Câmara Municipal de Ouro Preto pedindo auxílio para a realização das festividades. Afinal são quatro dias de festa, em que as opções para agradar tantos foliões não poderiam ser poucas, era preciso dar alternativas para o grande público, assim como acontece hoje.
No acervo do Arquivo Público Municipal de Ouro Preto, que possui vasta documentação do século XIX e XX, encontramos documentos oficiais que demonstram esses procedimentos dos clubes e comissões em busca de investimento para o carnaval. Essa documentação evidencia os mecanismos burocráticos, mas corrobora para contar as histórias dos clubes e blocos que fazem parte da sociedade ouropretana há muito tempo.      
Há, por exemplo, um parecer da câmara sobre o pedido de verba para os festejos carnavalescos de 1905, em que o Sr. Xavier dos Santos requer com urgência a votação de pedido de auxílio para o carnaval, sendo 200 réis para a Comissão da Rua Tiradentes (moradores da Rua Direita e Rua do Ouvidor), 50 réis para o Clube da Aliança e 50 réis para o Clube do Lacaios, ainda em atividade na cidade. Uma segunda emenda foi apresentada pelo Sr. Rosemburg em que dividia assim a verba: 100 réis para a Comissão, 100 réis para Clube dos Lacaios e 50 réis para o Clube da Aliança. E assim concluiu a Ordem do Dia:
“Encerrada a discussão e posto a votos o requerimento e emendas, é o requerimento aprovado, bem como a emenda do Sr. Rosemburg, sendo rejeitada a que foi apresentada pelo Sr. Xavier dos Santos.”
(Atas da Câmara, 1901 – 1905, nº de registro 01095, p. 293)

Outro curioso requerimento foi o abaixo assinado dos moradores da Rua Tiradentes (1899) pedia não o auxílio para os festejos carnavalescos, mas a construção de um coreto provisório na referida rua para o Carnaval (Documento de obras públicas, não inventariado). No entanto, o parecer da Câmara foi negativo, o Sr. Lauro de Lima, vereador de 1898 a 1905, justificou que as verbas são destinadas para as despesas municipais que são unicamente os serviços da administração do município e que convém de feitos como objeto de utilidade, uso e gozo do município. Mesmo que em outros momentos os vereadores tenham cedido, ele deixou bem claro que foi em desacordo com ele e que desta vez não haveria concessão.  
Os requerimentos de pedido de auxílio foram muito comuns, recebendo resposta quase sempre positiva da Câmara Municipal. Por isso, disponibilizaremos esses arquivos digitalizados para que você possa conferir mais exemplo, seguem os links:
 https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6NjQ2MzQ5M2YtOTg4NC00N2RjLWJhN2YtYTFiODZmMjIwNDc0&authkey=CPm5pqgH&hl=pt_BR&authkey=CPm5pqgH


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6MmY2Yjk0M2EtZTBhOS00MTI2LWEwNmUtYWE1YWQxNGIxYzQ2&authkey=COCJ3L8O&hl=pt_BR&authkey=COCJ3L8O


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6YzExOTNjMjktNWIwZS00ZjdiLWE2YWItZmU2YzkxNDY3NWI5&authkey=CKSQ6cIN&hl=pt_BR&authkey=CKSQ6cIN


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6MzQyZjBhYjAtMGM3Ny00ZDk4LWExODctOTJkODMwNzgwMjU2&authkey=CKX49Uc&hl=pt_BR&authkey=CKX49Uc


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6MGMzZGU2OWUtMDFjZi00YzQ4LTk1ZWEtYmM0MjM0NjcyOTk1&authkey=CICh_s0J&hl=pt_BR&authkey=CICh_s0J


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6NGQ2MzA1NTAtNmY1ZC00ZDYxLWE4N2ItMWMzNGQ1ZmVmYTZi&authkey=COG1_7UD&hl=pt_BR&authkey=COG1_7UD


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6YTYwZWUyYzQtNjE2OC00NDkxLWIyMTctYmIyNWZlYzQyZDAz&authkey=CJqmoakP&hl=pt_BR&authkey=CJqmoakP


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6ZGJmNTljNDMtZjkwMy00ZTk2LWEwNGQtNDA4N2NjNDlhZTg4&authkey=CNaS6qUE&hl=pt_BR&authkey=CNaS6qUE


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6YzY4YzRjNDEtNzIyZS00NGE5LTk0ODYtMTBjNGE2NTdlZDZk&authkey=CN2y1bIF&hl=pt_BR&authkey=CN2y1bIF





A preparação para o Carnaval.

 Quando nos referimos ao carnaval de Ouro Preto pensamos logo na alegria da comemoração. E se os festejos carnavalescos estão na memória das pessoas não é apenas por representar um momento de curtição. Foi e ainda é fruto de muito investimento para o grande dia, financeiro e pessoal.
A festividade contava com escolas de samba, blocos carnavalescos ou o simples festejar das famílias pelas ruas de Ouro Preto. E para que tudo isso fosse possível era preciso contar não apenas com a contribuição da alegria dos foliões, mas também, com a ajuda do financiamento público, mais precisamente o municipal, e com o financiamento privado.
Desta forma, os presidentes dos clubes e das comissões de empresários das ruas mais freqüentadas no carnaval usavam de requerimentos enviados à Câmara Municipal de Ouro Preto pedindo auxílio para a realização das festividades. Afinal são quatro dias de festa, em que as opções para agradar tantos foliões não poderiam ser poucas, era preciso dar alternativas para o grande público, assim como acontece hoje.
No acervo do Arquivo Público Municipal de Ouro Preto, que possui vasta documentação do século XIX e XX, encontramos documentos oficiais que demonstram esses procedimentos dos clubes e comissões em busca de investimento para o carnaval. Essa documentação evidencia os mecanismos burocráticos, mas corrobora para contar as histórias dos clubes e blocos que fazem parte da sociedade ouropretana há muito tempo.      
Há, por exemplo, um parecer da câmara sobre o pedido de verba para os festejos carnavalescos de 1905, em que o Sr. Xavier dos Santos requer com urgência a votação de pedido de auxílio para o carnaval, sendo 200 réis para a Comissão da Rua Tiradentes (moradores da Rua Direita e Rua do Ouvidor), 50 réis para o Clube da Aliança e 50 réis para o Clube do Lacaios, ainda em atividade na cidade. Uma segunda emenda foi apresentada pelo Sr. Rosemburg em que dividia assim a verba: 100 réis para a Comissão, 100 réis para Clube dos Lacaios e 50 réis para o Clube da Aliança. E assim concluiu a Ordem do Dia:
“Encerrada a discussão e posto a votos o requerimento e emendas, é o requerimento aprovado, bem como a emenda do Sr. Rosemburg, sendo rejeitada a que foi apresentada pelo Sr. Xavier dos Santos.”
(Atas da Câmara, 1901 – 1905, nº de registro 01095, p. 293)

Outro curioso requerimento foi o abaixo assinado dos moradores da Rua Tiradentes (1899) pedia não o auxílio para os festejos carnavalescos, mas a construção de um coreto provisório na referida rua para o Carnaval (Documento de obras públicas, não inventariado). No entanto, o parecer da Câmara foi negativo, o Sr. Lauro de Lima, vereador de 1898 a 1905, justificou que as verbas são destinadas para as despesas municipais que são unicamente os serviços da administração do município e que convém de feitos como objeto de utilidade, uso e gozo do município. Mesmo que em outros momentos os vereadores tenham cedido, ele deixou bem claro que foi em desacordo com ele e que desta vez não haveria concessão.  
Os requerimentos de pedido de auxílio foram muito comuns, recebendo resposta quase sempre positiva da Câmara Municipal. Por isso, disponibilizaremos esses arquivos digitalizados para que você possa conferir mais exemplo, seguem os links:
 https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6NjQ2MzQ5M2YtOTg4NC00N2RjLWJhN2YtYTFiODZmMjIwNDc0&authkey=CPm5pqgH&hl=pt_BR&authkey=CPm5pqgH


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6MmY2Yjk0M2EtZTBhOS00MTI2LWEwNmUtYWE1YWQxNGIxYzQ2&authkey=COCJ3L8O&hl=pt_BR&authkey=COCJ3L8O


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6YzExOTNjMjktNWIwZS00ZjdiLWE2YWItZmU2YzkxNDY3NWI5&authkey=CKSQ6cIN&hl=pt_BR&authkey=CKSQ6cIN


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6MzQyZjBhYjAtMGM3Ny00ZDk4LWExODctOTJkODMwNzgwMjU2&authkey=CKX49Uc&hl=pt_BR&authkey=CKX49Uc


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6MGMzZGU2OWUtMDFjZi00YzQ4LTk1ZWEtYmM0MjM0NjcyOTk1&authkey=CICh_s0J&hl=pt_BR&authkey=CICh_s0J


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6NGQ2MzA1NTAtNmY1ZC00ZDYxLWE4N2ItMWMzNGQ1ZmVmYTZi&authkey=COG1_7UD&hl=pt_BR&authkey=COG1_7UD


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6YTYwZWUyYzQtNjE2OC00NDkxLWIyMTctYmIyNWZlYzQyZDAz&authkey=CJqmoakP&hl=pt_BR&authkey=CJqmoakP


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6ZGJmNTljNDMtZjkwMy00ZTk2LWEwNGQtNDA4N2NjNDlhZTg4&authkey=CNaS6qUE&hl=pt_BR&authkey=CNaS6qUE


https://docs.google.com/a/ouropreto.mg.gov.br/leaf?id=0Bx2R4pZULip6YzY4YzRjNDEtNzIyZS00NGE5LTk0ODYtMTBjNGE2NTdlZDZk&authkey=CN2y1bIF&hl=pt_BR&authkey=CN2y1bIF





segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Eis que adentramos no mês das festividades carnavalescas!

       É com muito entusiasmo que nosso tema de fevereiro é uma das manifestações festivas culturais mais famosa de Ouro Preto, o Carnaval. Este, já foi de rua, formou bloco,  criou escolas de samba, sempre marcado pela alegria de seu público participativo.
     Diante dos diferentes aspectos que envolveram as comemorações carnavalescas, responsáveis pelo engrandecimento da festa e das mudanças no tempo, seria inadequado resumirmos tudo apenas em uma postagem. Por isso, procuraremos nesses dias que antecedem o Carnaval 2012 postar blocos informativos que dizem sobre a preparação da festa profana, finalizando com a programação atual da folia. 
        Convidamos a todos a acompanharem cada postagem e degustarem um pouquinho da história do carnaval de Ouro Preto.
Eis que adentramos no mês das festividades carnavalescas!

       É com muito entusiasmo que nosso tema de fevereiro é uma das manifestações festivas culturais mais famosa de Ouro Preto, o Carnaval. Este, já foi de rua, formou bloco,  criou escolas de samba, sempre marcado pela alegria de seu público participativo.
     Diante dos diferentes aspectos que envolveram as comemorações carnavalescas, responsáveis pelo engrandecimento da festa e das mudanças no tempo, seria inadequado resumirmos tudo apenas em uma postagem. Por isso, procuraremos nesses dias que antecedem o Carnaval 2012 postar blocos informativos que dizem sobre a preparação da festa profana, finalizando com a programação atual da folia. 
        Convidamos a todos a acompanharem cada postagem e degustarem um pouquinho da história do carnaval de Ouro Preto.