segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Cadernos do Patrimônio Imaterial - Cavalhadas de Amarantina

O Programa de Valorização e Preservação do Patrimônio Imaterial publica o seu primeiro Caderno do Patrimônio Imaterial com o volume dedicado às Cavalhadas de Amarantina.

A iniciativa tem por objetivo promover a maior divulgação e acesso a informações sobre bens imateriais do município de Ouro Preto, registrados e/ou inventariados. O trabalho de registro e inventário de patrimônio imaterial é uma importante ferramenta de produção de informação, busca de documentações e proposição de políticas públicas para o patrimônio imaterial.

Embora de acesso livre a todos os públicos, os inventários e processos de registro tem um formato que, muitas vezes, possui uma aparência técnica e formal que dificulta a ampla apropriação de seus saberes. Assim, a proposta dos Cadernos de Patrimônio Imaterial vem proporcionar um formato de mais fácil acesso, possibilitando sua maior difusão e mesmo uso em diversos ambientes, como educativos.

O início da produção dos Cadernos de Patrimônio Imaterial pelas Cavalhadas de Amarantina tem ainda a razão de ser uma manifestação cultural registrada que tem sido objeto de diversas ações de educação patrimonial, como durante a Jornada Mineira do Patrimônio Cultural, em 2015, e a execução do projeto Correndo na História: Patrimônio, Festa e Cavalhada em Amarantina, em 2016. Ações que visavam a difusão e conhecimento da manifestação e nas quais mostrou-se interessante a existência de um meio para melhor acesso aos saberes acerca das Cavalhadas produzidos durante o processo de inventário da celebração.

Acessem e divulguem!!!



Cadernos do Patrimônio Imaterial - Cavalhadas de Amarantina

O Programa de Valorização e Preservação do Patrimônio Imaterial publica o seu primeiro Caderno do Patrimônio Imaterial com o volume dedicado às Cavalhadas de Amarantina.

A iniciativa tem por objetivo promover a maior divulgação e acesso a informações sobre bens imateriais do município de Ouro Preto, registrados e/ou inventariados. O trabalho de registro e inventário de patrimônio imaterial é uma importante ferramenta de produção de informação, busca de documentações e proposição de políticas públicas para o patrimônio imaterial.

Embora de acesso livre a todos os públicos, os inventários e processos de registro tem um formato que, muitas vezes, possui uma aparência técnica e formal que dificulta a ampla apropriação de seus saberes. Assim, a proposta dos Cadernos de Patrimônio Imaterial vem proporcionar um formato de mais fácil acesso, possibilitando sua maior difusão e mesmo uso em diversos ambientes, como educativos.

O início da produção dos Cadernos de Patrimônio Imaterial pelas Cavalhadas de Amarantina tem ainda a razão de ser uma manifestação cultural registrada que tem sido objeto de diversas ações de educação patrimonial, como durante a Jornada Mineira do Patrimônio Cultural, em 2015, e a execução do projeto Correndo na História: Patrimônio, Festa e Cavalhada em Amarantina, em 2016. Ações que visavam a difusão e conhecimento da manifestação e nas quais mostrou-se interessante a existência de um meio para melhor acesso aos saberes acerca das Cavalhadas produzidos durante o processo de inventário da celebração.

Acessem e divulguem!!!